Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

juras de amor


 

 

juras de amor

Quando a gente ama
o erro é aceitável
Quando a gente se apaixona
a dor é inevitável
Quando a gente se encontra
As ações são imprevisíveis.

Mas quando tudo acaba
e ainda há amor
Os corpos pedem calor
a boca pede emoção
E nada impede o coração
de a cada encontro relembrar
E quem sabe, até reviver
momentos inesquecíveis
beijos e abraços indescritíveis
juras eternas de paixão.

Mas, a você meu bem, nada prometo
Nem as estrelas do céu
Nem as gotas do oceano
Porque promessas, apenas promessas
são palavras impossíveis de se realizar
Então, te juro somente meu amor
Meu amor eterno
Pois este, nem a morte conseguirá derrotar!!!!!

     

publicado por carlinha77 às 05:00

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.links

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. metade de mim...

. as minhas asas

. eu e você

.pesquisar

 

.arquivos

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.AÇORES

.favorito

. BOA SEMANA