Domingo, 15 de Abril de 2007

falta você...

falta você...

Em que momento desse caminhar
nós nos separamos?
Qual foi o instante despercebido
que você desapareceu da minha vida ?
Os dias foram passando e 
eu me acomodando,
pensando que a vida tinha sentido.
me iludindo, tentando continuar,
mas... sem nunca me encontrar.
Parei, pensei...
O que está faltando ?
Descobri!!! 
Foi fácil afinal,
o pedaço que me falta
tem um nome...VOCÊ!

        

publicado por carlinha77 às 23:04

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 12 de Abril de 2007

sou assim...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Sou assim...

 


Diferente de tudo e de todos
Uns vêem o mundo por fora
Eu o vejo por dentro

O amor e a vida podem ser vistos com os olhos
Eu os vejo com sensibilidade

Por isso sou diferente

Entendo o que os outros não entendem
Entendo porque as pessoas são diferentes de mim
Agüento a ira, a raiva o chicote no lombo

Sei que não tenho razão, mas sei que estou certo.
Estou sempre no lugar errado, falando com a pessoa errada
Mas sempre estarei próximo do meu próximo.

Sou diferente porque tenho sonhos
Passo as horas de ócio com coisas simples
Por serem importantes, ao meu ver...
Supero o riso, o escárnio, a raiva , o deboche
Sei que são próprios do comum
Mas supero por ter consciência da minha diferença

Sou diferente porque tenho dentro de mim
O enfermo, os doentes, os homossexuais, os bonitos,
Os feios, os excepcionais, os gordos, os magros
Enfim os outros.
Sou feliz mesmo que não me entendam.
Sou feliz dentro do meu mundo diferente.
Obrigado senhor por ser assim, diferente.

sinto-me:
música: eu sou assim
publicado por carlinha77 às 10:28

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 10 de Abril de 2007

solidão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

solidão

E o interior torna-se uma prisão
E o pensamento mantém-se como confidente amigo
Porque os erros superam as virtudes
E castigam impiedosamente a alma
Sentimentos misturam-se na iminência de mostrar o que sinto


Mas as lágrimas
Antes chaves da masmorra do ego
Agora guardiãs dos sentidos
Cerram os olhos do mais íntimo desejo
E mantenho-me recolhido


A saudade,
a vontade,
a tristeza,
rondam agora o meu viver
E me impedem de expandir o brilho da vida
Mas aguardo
E antes que os fantasmas da agonia me dilacerem o peito


E sufoquem minhas súplicas
Espero encontrar o sentido de ser
E possa
Enfim
Sorver a vida
E voltar a acreditar que existe razão
Para se estar sozinho

tags:
publicado por carlinha77 às 17:32

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.links

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. metade de mim...

. as minhas asas

. eu e você

.pesquisar

 

.arquivos

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.AÇORES

.favorito

. BOA SEMANA